Literatura

Matéria da P. O. do dia 30/03:
A cidade e as serras + Gêneros literários + Os Lusíadas

Os Lusíadas - Luís Vaz de Camões

1498 - Viagem de Vasco da Gama às Índias.
            Vasco da Gama é o narrador de Os Lusíadas.
1524 - Nascimento de Camões.
            Camões nasceu e morreu em Lisboa.
1527 - Início do Classicismo (Renascimento)
            Quem inicia o Classicismo é Sá de Miranda, com a introdução dos versos decassílabos.
1572 - Publicação de Os Lusíadas.
           Luís de Camões trabalhou durante doze anos para concluir Os Lusíadas.
1578 - Morte de D. Sebastião.
            Camões dedicou seu poema épico ao Rei D. Sebastião.
1580 - Espanha toma Portugal.
            O poeta alertou para a fragilidade econômica e militar de Portugal em Os Lusíadas.

Modalidades e Gêneros

A modalidade determina o interesse principal do texto:
DESCRIÇÃO, o objeto;
NARRAÇÃO, as relações dos objetos;
DISSERTAÇÃO, as concepções dos autores.

O gênero determina a estrutura do texto: conto, romance, novela, poema, teatro.

Gêneros Literários

1. DRAMÁTICO - Teatro - O discurso direto e a presença do personagem.

2. LÍRICO - Poesia - A projeção de um mundo interior.

3. ÉPICO - Narração - As relações de um mundo exterior.

Módulo 2

Humanismo (Poesia Palaciana)

1434 - 1527

1434: A nomeação de Fernão Lopes inaugura o mecenato oficial.
- O desenvolvimento do comércio, o surgimento da burguesia e das cidades, o aparecimento da imprensa, a divulgação da cultura clássica e as grandes navegações.
- A crônica de Fernão Lopes; o teatro de Gil Vicente; e a Poesia Palaciana.
- O apoio oficial às artes.
- O teatro como instrumento de crítica social.
- O poema torna-se independente da música.
- Cancioneiro Geral de Garcia de Resende.

Introdução aos estudos literários

O que é cultura?
A cultura é o modo de viver de um povo.

Como se faz uma cultura?
Uma cultura se faz no jeito como um povo resolve seus problemas.

O que é arte?
A arte é a síntese de um elemento cultural.

Por que a arte deve ser sintética?
A arte deve ser sintética para produzir um sentimento.

Por que precisamos dessa produção de sentimento?
Porque é no refinamento do sentimento que produzimos o conhecimento.

Quem é artista?
É artista quem tem uma visão bem acabada da realidade e uma cultura individual.

O que é literatura?
Literatura é arte que utiliza a palavra escrita como matéria-prima de suas criações.

O que é escola literária?
Escola é um jeito de escrever que predomina em uma determinada época, um modelo literário.

O que é período literário?
Período é a delimitação temporal em que predomina um determinado modelo literário.

Para que serve a literatura?
A literatura serve para manifestar a compreensão que o homem tem do mundo em uma determinada época e como a humanidade amplia e aperfeiçoa essa visão da realidade.

A CIDADE E AS SERRAS

Eça de Queirós

Tese (a cidade), antítese (as serras) e síntese (as serras com desenvolvimentos da cidade).

Eça de Queirós – 1845-1900.
Civilização – 1892 – (conto que deu origem ao romance A Cidade e as Serras)
A Cidade e as Serras – 1901.

Referências para contextualização histórica:
D. João VI – 1767-1826 – O Clemente.
D. Pedro I – 1798-1834 – O Libertador. O Rei Soldado.
D. Miguel – 1802-1866 – O Absolutista. O Tradicionalista.
Terceiro filho varão de D. João VI e irmão mais novo de D. Pedro I, do Brasil.
Revolução Liberal do Porto – 1820.
Independência do Brasil – 1822.
Maria II – 1819-1853 – Foi Rainha de Portugal em 1826 a 1828 e 1834 a 1853.
D. Miguel usurpa o trono de Maria II – 1828.
Guerra Civil Portuguesa ou Guerras Liberais ou Guerra dos Dois Irmãos – 1828 a 1834.
D. Pedro I abdica do trono brasileiro em favor de seu filho mais novo – 1831.
D. Pedro I, com um exército, invade Portugal contra D. Miguel – 1832.
D. Pedro II, O Magnânimo, herdou o trono aos 5 anos, mas foi coroado com 15 anos de idade.

Período Medieval

O Período Medieval é a primeira época de decepção completado homem consigo mesmo.

É o primeiro momento da históriaem que o homem sente medo originário da razão.

À medida que diminui o medo, cresce o antropocentrismo e se dá o renascimento.

Módulo 1

Trovadorismo (Lírica Trovadoresca)

1198 - 1434

1198: Cantiga da Ribeirinha, de Paio Soares de Taveirós.

Cantigas líricas e satíricas:
Cantigas líricas: expressão de um mundo interior, inteligível.
Cantigas satíricas: observação de um mundo exterior, sensível.

Cantigas líricas:

Cantigas satíricas:

Cantiga de Amor
Cantiga de Amigo

Cantiga de Escárnio
Cantiga de Maldizer

Cancioneiro da Ajuda (da Biblioteca do Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa);
Cancioneiro da Biblioteca Nacional de Lisboa;
Cancioneiro da Vaticana (da Biblioteca do Vaticano).